BLOG

Gestão por competências: por que aplicá-la em sua empresa?


Você já deve ter ouvido falar em gestão por competências, mas é muito provável que não saiba como aplicá-la na sua empresa. Nesse conceito, tanto as habilidades técnicas quanto as comportamentais do colaborador são valorizadas diante da hierarquia do negócio.


Aliás, esse tipo de gestão está totalmente relacionado ao organograma e também às estratégias de crescimento. Por isso, se sua empresa, seja construtora, incorporadora ou imobiliária, não possui uma organização clara dos cargos, chegou o momento de rever isso.

A nova geração de colaboradores procura um significado para construir carreira em determinado lugar. Esses jovens não estão em busca apenas da concepção antiga de estabilidade e bom salário. Eles querem se sentir desafiados.


Quais são os benefícios na construção civil?

Seja qual for o setor — administrativo, contabilidade, recursos humanos, planejamento de projetos, canteiro de obras, equipe de vendas, atendimento ao cliente, time de corretores, marketing ou pós-venda —, todos podem ter o pessoal gerido por meio de competências.

Implantar essa nova forma de administrar o capital humano da sua empresa pode apresentar resultados significativos porque:


Estimula a produtividade individual e coletiva, encorajando uma competição saudável entre o colaborador e ele mesmo, a fim de atingir metas para dar um upgrade na carreira. O reconhecer as habilidades de um corretor, por exemplo, melhora o rendimento dele e de toda a equipe;Padroniza a forma de contratação.


Ou seja, com uma presença do quadro organizacional fica mais fácil entender as competências necessárias para cada cargo. Assim, o pessoal do RH consegue buscar candidatos mais adequados a partir dos conhecimentos, habilidades e atitudes necessárias;Facilita a aplicação de treinamentos periódicos, o que melhora os resultados evitando investimentos incertos e perda de tempo.


Com cada pessoa em seu devido lugar, é possível otimizar o aprendizado;Diminui o turnover, que é a rotatividade de funcionários. Isso ocorre por causa da melhoria do processo de admissão por parte do setor de recursos humanos. Candidatos certos para as vagas certas têm mais chances de permanecer na empresa;Sustenta o plano de carreira, dando continuidade na liderança que foi planejada. Ao ser admitido na sua empresa, o novo funcionário deve já saber quais são as possibilidades de crescimento. Um servente pode se tornar pedreiro e receber incentivo para um dia chegar ao posto de mestre de obras, por exemplo.


Nesse caso também podemos falar que a gestão por competências colabora com a redução de problemas de transição.


Como implantar uma gestão por competências?

Os especialistas da área de recursos humanos defendem que esse tipo de gestão traz resultados tanto a curto quanto a longo prazos. O primeiro passo é definir como vai ser a avaliação de desempenho e ajustar as habilidades já presentes na equipe e as competências exigidas para cada tipo de cargo.


Para isso, escolha um método para descobrir a opinião das pessoas que lidam diariamente com os processos. Por exemplo: aplique diferentes questionados para:

Os trabalhadores da obra;Os auxiliares administrativos;Os corretores.

Junto com isso, você vai entender também as necessidades dos setores.

Pergunte aos pintores, carpinteiros e pedreiros quais são os próprios pontos fortes e fracos, como avaliam o desempenho dos colegas de trabalho, dos gerentes técnicos, do mestre de obras.


Faça as mesmas perguntas para o mestre de obras, saiba quais são as dificuldades do dia a dia para entender se o problema está no processo ou na falta de formação.


Autodesenvolvimento

Essa é a palavra que norteia esse conceito, que deve ser aplicado se seu objetivo for:

Melhorar as vendas;Lidar de forma mais clara com o departamento pessoal;Diminuir o retrabalho;Integrar os diferentes departamentos.


Estimular o autodesenvolvimento dos colaboradores é buscar o alinhamento da missão, visão e valores da empresa. A gestão por competências é uma espécie administração “ganha-ganha”, na qual tanto funcionários quanto empresa ficam satisfeitos.


O que achou do artigo? Compartilhe-o nas redes sociais para que outros gestores conheçam essa forma de gerenciamento inteligente do capital humano nas empresas.

Acompanhe nossas

redes sociais:

  • Instagram - Black Circle
  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon

© 2018 por Marox. Orgulhosamente criado por Ikaro Antonio

sm_5aeee50119d75.png